TRENDING NEWS

recent

Criatura @ Festival de Músicas do Mundo - 27/07/16, Castelo de Sines


A World of Metal foi de férias mas como já é sabido, temos a música a correr no nosso sangue e não poderíamos faltar à décima oitava edição do Festival de Músicas do Mundo que costuma sempre trazer-nos pequenos grandes tesouros musicais e enriquecer a nossa cultura musical, não necessariamente dentro do género do nosso som sagrado mas tendo sempre algo que se relaciona, principalmente no tipo de emoção que transmitem. E é o caso dos Criatura, colectivo de músicos portugueses que aposta em fazer tanto uma homenagem às nossas raízes culturais e musicas assim como um novo olhar e perspectiva sobre o mesmo. São onze músicos, multifacetados, que têm um álbum editado, "Aurora", e que é esse mesmo registo que trouxeram ao Castelo de Sines, no concerto inaugural dos espectáculos naquele que é o palco mais querido do Festival de Músicas do Mundo.


E o primeiro concerto no Castelo não poderia estar melhor entregue do que aos Criatura que simplesmente arrasaram. Sabendo conjugar da melhor forma o experimentalismo com as raízes da nossa música e aliados a um sentido teatral (onde  Gil Dionísio - voz, violino e efeitos - se destacou) que só tornou a sua actuação ainda mais única, a Criatura revelou-se temível e apaixonou todos os que estavam presentes. Como se não bastasse ainda tivemos a direito à participação do Grupo Coral e Etnográfico da Casa do Povo de Serpa, que tem acompanhado o colectivo nos últimos tempos e que este concerto ficaria marcado como última actuação - não ficando de parte futuras colaborações.


Tudo somado numa actuação que arrepiou em muitos momentos e que nos deixa a questão bater com muita força... como é que é possível um projecto destes passar despercebido da maioria das pessoas, nós incluídos? Bem, se serve como redenção, agora que já cá estão, daqui já não sairão. Atrás destacámos Gil Dionísio por ser o que mais se assemelhou a um frontman, mas teremos que destacar a actuação de todos sem excepção, como Edgar Valente, o principal instigador do projecto na Edgar Valente na voz, teclados, bombo tradicional e cana rachada; Eloísa d'Ascensão na voz, adufe, agogo e bombo, Paulo Lourenço no baixo elétrico e voz; João Aguiar na guitarra elétrica e voz; Yaw Tembe no trompete, bombo tradicional, chocalho e voz; Ricardo Coelho na gaita-de-foles, gralha, flautas, adufe, trancanholas (que a banda explicou que não eram castanholas nem eram espanholas, eram nossas!) e voz; Acácio Barbosa na guitarra portuguesa, cavaquinho, adufe e voz; Alexandre Bernardo na guitarra acústica, cavaquinho, bandolim, adufe e voz; Fabio Cantinho na bateria, bombo tradicional e voz; Tiago Vicente: bombo de lavacolhos, adufe, triquelitraques, congas, outras percussões e voz. Provavelmente não terá sido exactamente este o alinhamento mas seria impossível fixarmos todos os instrumentos e associar às pessoas correctas, tal como assistimos.


A Criatura está viva, é portuguesa, é o que somos, o que fomos e o que seremos. Excelente projecto da nossa música e um excelente concerto que finalizou com um tema que não está no álbum de estreia mas que nos faz ansiar pelo segundo trabalho, "Bem Bonda". Arrepiante a forma como nos falam à alma, esta alma de português inconformado e poeta, criança e sonhador por tempos mais livres, tempos melhores, tempos nossos.


Reportagem por Fernando Ferreira e fotos por Sónia Ferreira

Tags

Related Posts

Report

Sem comentários:

Enviar um comentário

Imagem
World Of Metal
World Of Metal - Zine, Radio and TV - Support Us On Patreon!

World Of Metal - Zine, Rádio e TV - Apoie-nos no Patreon!

random
World Of Metal. Com tecnologia do Blogger.