TRENDING NEWS

recent

Maestrick: mais de 20 músicos envolvidos nos coros e orquestrações do novo álbum


Falta pouco para o grupo de rock/metal progressivo Maestrick lançar seu novo disco de estúdio, "Espresso Della Vita: Solare". O novo trabalho será sucessor do aclamado álbum de estreia, "Unpuzzle!", e do EP "The Trick Side Of Some Songs" que o grupo lançou recentemente reunindo versões para clássicos dos Beatles, Yes, Jethro Tull, Pink Floyd, Queen e Rainbow.

Previsto para o segundo semestre, "Espresso Della Vita: Solare" é a primeira parte de um disco duplo conceptual e traz uma observação da vida humana na perspectiva de uma viagem de trem. O disco tem a produção de Adair Daufembach (Project46, John Wayne, Hangar) que também é o encarregado de gravar todas as guitarras do álbum. 

Parte importante da musicalidade do Maestrick, as orquestrações ganharam uma atenção especial em "Espresso Della Vita: Solare", ainda mais que no primeiro álbum. No total, 23 músicos diferentes participaram de gravações de instrumentos e corais que dão forma as partes orquestradas e sinfónicas do álbum. Segundo o vocalista e pianista Fábio Caldeira, a necessidade pelos momentos orquestrados e sinfónicos nasceu de forma natural em consequência às intenções emocionais das composições.

"Essa primeira parte do Espresso Della Vita é muito emocional. Em algumas partes específicas tínhamos que ter mais do que o timbre dos instrumentos. Precisávamos registrar a emoção dos instrumentistas e cantores. Mais do que um coro de vozes, mais do que uma orquestra, tínhamos que ter a soma de todas as intenções desses músicos e cantores brilhantes, que enriqueceram o trabalho cada um do seu jeito. Sempre achávamos importante explicar o contexto onde as partes se inseriam na história e no período do dia para que eles então interpretassem. Não temos palavras para agradecer a todos que participaram e temos certeza que quem ouvir o disco vai sentir tudo de bom que foi depositado nele."

Entre os convidados do que ficou conhecida como “Solare Orquestra”, estão Adriano Reis, Ana Camila Castilho Bordino, Camila Schneck e Eduarda Temi Ito nos Violinos; Guilherme Caldas na Viola e Walisson Higor da Cruz no violoncelo. Todas as partes de cordas foram gravadas no  Estúdio Prime Mídia em São José do Rio Preto/SP. Gravações de Tímpano e Gran Casa foram feitas pelo percussionista Elvis no Teatro Cine Barretos, na cidade de Barretos. As Flautas ficaram a cargo do músico peruano Pablo Alayza, da banda Flor De Loto, e as gravações ocorreram em Lima. Por fim, mas não menos importantes, fizeram parte do Coro: Danielle Castro, Maria Lúcia Arruda e Michelle Maia (Sopranos); Carolina Penhavel, Audrey Sarraceni, Camila Souza, Mayara Martinelli e Fernanda Barban (Contraltos); Paulo Camillo, Kelvin Miura, Will Matos, Daniel Oliveira e Victor Castro (Tenores); Maurício Lopes e Nathan Custódio (Baixos). Os Coros foram gravados na Escola de Artes Ligia Aydar, no Shopping Iguatemi em São José do Rio Preto/SP.

Além dos convidados nas partes orquestradas, recentemente os Maestrick revelaram também o nome de umas das faixas do álbum, “Hijos de La Tierra”, bem como sua abordagem conceitual – voltada ao cultivo do amor à natureza e de respeito pelas Américas – e uma lista de sete músicos de quatro países diferentes das Américas do Norte e Sul que participaram das gravações da música. Entre essas participações está a de Cinthia Santibañes, vocalista da banda Crisalida, do Chile, atracção do Lollapalooza desse ano. Um vídeo com trechos das gravações que Cinthia Santibañes realizou no Chile para “Hijos De La Tierra” foi disponibilizado no canal oficial do Youtube dos Maestrick. No mesmo vídeo, Fabio Caldeira comenta um pouco mais sobre a participação da cantora dos Crisalida:


Support World Of Metal




Tags

Related Posts

notícias

Sem comentários:

Enviar um comentário

Imagem
World Of Metal
World Of Metal - Zine, Radio and TV - Support Us On Patreon!

World Of Metal - Zine, Rádio e TV - Apoie-nos no Patreon!

random
World Of Metal. Com tecnologia do Blogger.